sexta-feira, abril 13, 2007

Qual o Objectivo?

A saga em busca de uma qualquer deficiência na vida académica de José Sócrates, está longe de acabar. Não satisfeitos com o resultado das suspeitas levantadas relativamente à passagem pela Universidade Independente, do PM, a comunicação social descobriu agora que o "Sócras" esteve inscrito durante uns tempos na Lusíada, no curso de direito. Ainda antes de revelar qualquer outro podre ou desconfiança sobre este período (87-90), foi já dada a notícia como quem diz: "ainda não descobrimos absolutamente nada, mas dêem-nos tempo que lá chegaremos". Pelo menos a TVI aguarda ansiosamente autorização para vasculhar o processo! Meus amigos, tudo o que é demais enjoa, e sinceramente esta história, independentemente dos factos e dos boatos, já cheira mal. Na realidade cheira mesmo a putrefacção. Sinceramente não me podia estar, e desculpem a expressão, a cagar mais para a formação académica do PM. Por mim até pode ter a quarta classe! Neste momento o que é evidente é que, quer se aprecie ou não a personagem em questão, consegue-se odiar ainda mais esta insistência pela parte dos jornalistas na piquinhice! Até compreendo que o Al Capone tenha sido apanhado por fuga ao fisco, mas nunca ouvi nenhum caso de alguém que vá preso por ser um "salta-pocinhas universitário". Voltem lá às notícias verdadeiramente importantes, como a última bacorada proferida pelo Castelo Branco, ou algo do género. Como diz um amigo meu, haja juízo!

4 comentários:

Enfim... disse...

epá eu ja comente isto tanta vez que não tenho vontade nenhuma de comentar portanto pergunto-te so assim:
o que te parece tu andares a estudar 5 anos para teres uma livenciatura e um gajo não estudar e oferecerem-lhe o canudo de mão beijada??
Agora podes dizer-me mas o que temos nos a ver com isso?!
temos é para ser ver em que estado esta a nossa educação...
já alguma vez te inscreves-te num curso ou mesmo na escola superio e n tepediram o certificado de habilitações literarias??não pois não???pois mas quem o faça
achas justo????tão pk anadamos nos a estudar se nos oferecem o canudo não é???
por esta e por outra reflecte o bom 1º ministro que temos não é verdade???
É mentiroso e pronto não presta

Bjokas e bm fim semana

Anónimo disse...

Efectivamente a formação académica do cidadão José Sócrates, só ao mesmo devia interessar, enquanto cidadão anónimo. Já não me parece ser tão indiferente tratando-se do primeiro ministro ou até mesmo de um ministro qulquer do país. Não é que eu ache que para se ser ministro seja condição "sine qua non" ter uma licenciatura ou um doutoramento, contudo, observem-se os governos que temos tido e contem-se os ministérios ocupados por indivíduos não detentores de uma qualquer habilitação ou título académico de nível superior...
A verdade é que, se por hipótese o cidadão José Sócrates apresentasse como habilitações académicas o exame da antiga quarta classe, estou convencido que nem sequer teria chegado a secretário geral do partido, quanto mais a candidato a chefe do governo e muito menos ao cargo que ocupa, independentemente da sua capacidade para o desempenhar enquanto político. Só os militares não têm sido doutores ou engenheiros, mas mesmo esses têm sido generais tendo o próprio general Ramalho Eanes obtido um doutoramento, ainda que, já após o termino do seu mandato enquanto P.R.
Curiosamente, hoje domingo dia 15 de Abril, dia em que escrevo este meu comentário, saíu no Jornal Diário de Notícias, uma notícia referenciada na primeira página, da seguinte forma:
"Falso professor em Portalegre
Um homem deu aulas de Matemática durante 30 anos com um certificado de habilitações falsificado. Chegou a ser Presidente de Junta." Mais desenvolvimento da matéria era apresentado na página 17 do mesmo jornal, com um texto a três colunas e foto do visado, sob o título "Dirigia escola mas não tinha habilitações". Foi-lhe aplicada a pena de demissão pelo Ministério da Educação...
Voltando ao P.M., sob o risco de me repetir, a verdade é que ao longo dos provectos 54 anos que já conto de vida, não recordo alguém que ocupando lugar de relevo nos elencos governativos do país, fosse tratado por sr. fulano de tal, mas recordo sempre o tratamento por "Sr. Professor", "Sr. Doutor", "Sr. Professor Doutor", "Sr. Marechal", "Sr. General", "Sr. Almirante" "Sr. Contra Almirante" e também por "Sr. Engenheiro" porque efectivamente eram detentores desses títulos sendo este tratamento antecedido ainda muitas vezes por "Sua Excelência"... É claro que os tempos hoje são outros, a democracia permite outras liberdades poéticas, mas que me conste, dos principais dirigentes dos partidos políticos existentes em Portugal, apenas Jerónimo de Sousa, secretário geral do Partido Comunista Português, não é detentor de uma licenciatura, ficando-se por um modesto 4º ano do curso industrial; talvez tenha sido um dos motivos por que nas eleições presidenciais de 1996, desistiu a favor do Dr. Jorge Sampaio...
Por aqui me fico, reiterando apenas a ideia de não ser tão indiferente quanto possa parecer toda esta saga à volta do uso indevido de um título académico por parte de alguém que, a exemplo da mulher de César, não se pode ficar pelo ser, tendo também que parecer...
Pai do Marco

Marco disse...

Julgo que o que se passa neste caso não é alguém fazer-se passar por algo que não é. O bacharelato ninguém lho tira (pelo menos até ao momento), e o grau resultante é o de Engenheiro Técnico. Segundo os nossos costumes sociais, chama-se/escreve-se "engº" independentemente de o curso respectivo ser licenciatura, bacharel ou mesmo mestrado, bem como estar ou não inscrito na ordem. Portanto a utilização da designação relativamente ao PM não foge ao que é habitual, nem constitui a meu ver uma "mentira", nem afecta as funções desempenhadas pelo próprio. Já no caso de um professor que na realidade não o é, por muita vocação que possa ter, o caso muda de figura. Mas voltando ao cerne do meu post, este assunto está neste momento em "avançado estado de decomposição".

Kabe Ludo disse...

Boa tarde, o meu nome não é Manuela Moura Guedes...

E agora o que realmente interessa... as Noticias que vou usar para roubar atenção ao caso Sócras


Comentador bate record de transmissão ao vivo na Ucrânia
Um comentador desportivo ucraniano estabeleceu um recorde mundial ao apresentar sozinho uma transmissão televisiva, em directo, durante 30 horas. O objectivo foi pressionar o governo a criar uma emissora dedicada ao desporto.
Vários atletas e antigos desportistas ucranianos participaram na transmissão, falando sobre os sonhos e os problemas por que passam os atletas profissionais e amadores do país.
A transmissão foi feita pela rede privada Gravis TV, começando às 9h de um sábado, horário local, e terminando às 15h do domingo seguinte.


Fãs do Titanic vão borda fora
Um casal, a tentar imitar uma cena romântica do Titanic foi salvo depois de ter caído a um rio na China. Foram atingidos por uma onda depois de terem subido para a proa e copiarem a famosa cena de Leonardo DiCaprio e Kate Winslet. Foram salvos por um pescador que viu tudo e lhes atirou 2 salva-vidas. A rapariga deslocou o joelho na queda e precisou de tratamento hospitalar. Segundo o Yangtse Evening Post, ela foi dar uma volta turística com o seu namorado, identificado como Sr. Hu de Nanjing. O mesmo jornal diz que eles lembraram-se da cena do filme quando embarcaram, então o Sr. Hu pôs os braços à volta da namorada e ela abriu os braços. Mas quando uma onda os atingiu ele perdeu o equilíbrio.

Americana quase manda fora quadro de US$ 1,2 milhão
Uma norte-americana, que não quis ter seu nome divulgado, quase vendeu um quadro que pode valer até US$ 1,2 milhão num bazar de garagem. A mulher recebeu o quadro, do qual nunca gostou, de uma tia-avó nos anos 50 e recentemente resolveu livrar-se dele e de outras coisas numa venda de garagem, um tipo de bazar de fundo de quintal muito comum nos EUA.
Entretanto, alguns parentes sugeriram que ela procurasse um perito para avaliar a obra antes da venda. Ela quase caiu para trás quando ele disse que este na verdade era um dos quadros de Alfred Jacob Miller, um pintor do final do Século XIX conhecido por pintar cenas indígenas. O quadro será leiloado por um lance mínimo de US$ 800 mil, mas especialistas acreditam que ele chegará facilmente aos US$ 1,2 milhão.

Conhecido bloguista português acusado de plágio
Um dos bloggers de renome foi recentemente acusado de plágio, empregando num dos seus últimos posts a expressão "Haja juízo", sobejamente conhecida por pertencer a um comentador profissional de blogs e afins. Fontes não confirmadas indicam que tal acto de desespero se deveu a comentários bem sucedidos por parte do comentador em posts do blogger, o que tornou o fruto proibido ainda mais apetecido..."

E foi tudo, desejo a todos uma boa semana de trabalho.

Haja juízo!™
:P