terça-feira, novembro 18, 2008

Raios me Partam...

... se não é mesmo verdade. Há cerca de duas semanas que eu e os meus amigos/colegas de trabalho andamos a fazer praticamente chacota do PJ, que teimava na existência de uma canção infantil (desconhecida para todos os restantes, quiçá até para o mundo, julgávamos nós). Já todos tínhamos feito pesquisas no Google (nas horas vagas, como é óbvio, porque isto é tudo pessoal de trabalho), e nada. Hoje senti um rasgo de inspiração baseado na descrição do próprio PJ, que indicava que a letra da música seria algo como "um dois três, quatro cinco seis, sete oito nove, dez onze doze... as joaninhas... no seu piquenique... tururu" (sendo que "tururu" representa o toque de um saxofone). O próprio nível de detalhe (ou ausência dele) só serviu para aumentar de forma inversamente proporcional o nível da chacota. Pois bem, chegou a altura de fazer um "mea culpa", e encarar a realidade. O raio da música existe mesmo! Fiz nova pesquisa, desta feita em inglês e para variar, no Youtube, e não é que surgiu isto que vos apresento!? PJ, espero que algum dia me possas perdoar... nunca mais vou duvidar dos teus conhecimentos musicais!



2 comentários:

Sofia disse...

Estás a ver... nunca se deve duvidar das teimosias que as pessoas têm em relação às recordações da infância! Já é a segunda vez que te acontece...
lembras-te dos lagartos? :)

jokas

Marco disse...

Bem... se isto de ter de dar o braço a torcer se torna moda... tenho mas é de ver se começo eu a ficar caladinho!!! Rai's parta os lagartos e as joaninhas!