segunda-feira, novembro 10, 2008

Momentos

Com o passar dos anos, sinto que cada vez consigo tirar mais prazer das pequenas coisas da vida. Sinto que vou refinando a minha capacidade de apreciar todos os pequenos momentos que fazem a nossa vida ter sentido. Os acontecimentos aparentemente mais insignificantes podem muitas vezes dar-nos ânimo para um período muito maior de situações menos boas, ou no mínimo pouco interessantes. Ao mesmo tempo colocam as coisas em perspectiva, e ajudam-nos a "medir" melhor e reorganizar as nossas prioridades. Os momentos vividos junto de quem vale a pena viver são os mais importantes. Quando o tempo não é muito, o saborear destes momentos torna-se ainda mais intenso. Um jantar regado com uma conversa e ilustrado com um bom pano de fundo, ou uma reunião em torno de umas castanhas acabadas de assar acompanhadas com água pé, são apenas o mote para vivermos melhor. Como resultado deste último fim de semana, sinto que vivi. Posso não ter feito nada de especial, mas só aparentemente, porque estive com amigos, familiares, e estive bem. Espero poder continuar a contar sempre com estes e outros amigos. Não são em grande número, mas os que são valem por muitos, e felizmente estão sempre prontos para uns petiscos e uma boa dose de conversa, mesmo que seja da treta (de vez em quando também sabe bem). Àqueles com que já não estou há algum tempo, aqui fica um abraço e um lembrete: temos de combinar qualquer coisa um dia destes! E quem me conhece sabe que não sou muito de dizer isto... e não cumprir.

5 comentários:

Luis Sardinha disse...

É muito fácil continuar ocupado com as coisas do dia a dia e "esquecer" um pouco os amigos e nunca conseguir arranjar tempo para juntar a malta e passar um bom bocado...

Acontece isso mesmo com um grupo de amigos de infância que tenho, é preciso ser eu ou a minha irmã a combinar qualquer coisa para se conseguir fazer qualquer coisa do género. E mesmo assim temos de contar sempre com os cortes...

Mas tal como tu dizes, estes momentos são fantásticos. Nada melhor do que passar bons momentos de boa disposição com um conjunto de familiares e amigos.

Svetlana disse...

Com a idade vamos ficando mais selectos.

Marco disse...

luis: é bem verdade... mesmo que custe "acertar" agulhas, o que importa é tentar e não desistir, porque um dia ou outro acontece, e quando acontece é espectacular, e sendo espectacular, vale sempre a pena.

svetlana: efectivamente a selecção que vamos fazendo acaba por ser natural, e é uma forma de unir "the best of the best"... ah, é verdade, bem vinda!

Gonçalo disse...

...não te preocupes, hoje terás dose...lol

Marco disse...

gonçalo: e não é que foi mesmo... e uma dose bem aviada, caneco!