sexta-feira, maio 19, 2006

Guerra dos Sexos

Pois é meus amigos, até em questões de saúde Marte e Vénus parecem não ser capazes de chegar a um entendimento. Pelo menos é o que se pode concluir de um estudo realizado pela Universidade Nova de Lisboa sobre estes aspectos, que passo desde já a descrever com uns comentários "machistas" à mistura só para apimentar... Primeira conclusão: as mulheres vivem mais que os homens, cerca de 6 anos em média (pudera, com o desgaste que os homens sofrem com elas...). As mulheres sofrem mais de doenças crónicas - cerca de 60% contra 40% - que os homens (só pode ser "ronha", se vivem mais que eles...). As mulheres também ganham - cerca de 6% contra 2% das causas de incapacidade de longa duração - no que diz respeito a doenças mentais (isso já acredito plenamente). Também se chegou à conclusão que acima dos 65 anos, cerca de 50% das mulheres são "desdentadas" contra 30% dos homens. São ainda as mulheres que mais cedo e mais vezes vão ao médico (um sintoma claro de hipocondria generalizada), mais recorrem a cirurgia e também ganham com uma diferença de 3% no campo da obesidade. Em termos de consumo de álcool e tabaco os homens vão à frente (mas por pouco), e estão praticamente a ser ultrapassados pelas mulheres, cuja subida deste tipo de consumo fez também aumentar as estatísticas em termos, por exemplo, de cancro do pulmão. Eu sei que as mulheres têm a paranóia do "sexo forte" e da competição em relação aos homens, mas acreditem quando digo que não é neste conjunto de "modalidades" que se devem destacar. Apesar dos meus comentários "machistas" neste texto a minha postura é diferente, é a de que as mulheres têm realmente MUITO valor e fazem MUITA falta, por isso, ganhem juízo!

2 comentários:

Kabe Ludo disse...

Voltando á minha qualidade de militante dos fpFcfa (acho que era isto, não me apeteceu voltar ao post dos pulmões sujos), posso indicar claramente que enquanto espero pelo autocarro na paragem de manha, 95% do fumo que me incomoda ainda mal acordei é oriundo de bocas e narinas femininas...

houvesse algo que lhes ocupasse a boca nessas alturas...

Impaler disse...

Eu cá concordo com tudo. Até ca parte das mulheres fazerem falta. É que tar a micar as mamas aos gajos (há uns que têm) não tem piada nenhuma...

Portanto vou aqui lançar um réptil ao gajedo: Gajedo, apanhem o meu réptil e não o fumem pois faz mal aos pulmão e depois acusam-me de vender banha da cobra...

Perceberam? Lançar um réptil? Banha da cobra?

Lololo