segunda-feira, fevereiro 04, 2008

Ninguém se Faz

Uma das frases que sempre retive, daquelas que as nossas avós nos dizem quando somos pequenos, foi a para mim célebre "ninguém se faz". O contexto é o de que, quando se critica alguém pela sua aparência física, tal é incorrecto pois essa mesma aparência não terá sido escolhida pelo/a próprio/a (pudera!!!). De qualquer forma, julgo ser justo dizer que hoje em dia, a minha avó não poderia estar mais errada. Pelo facto de alguém nascer com um trombil de meter medo ao susto, ou de ter um rabo que parece um saco de levar pancada, actualmente tudo pode mudar. No entanto alguns casos existem em que, quem muda, até nem estava tão mal quanto isso. A esta altura já toda a gente sabe (pelo menos os gajos) que estou a falar da Luciana Abreu, ex-Floribela, actual Floriboazona. A menina andou durante os últimos tempos a fazer um "tuning" corporal e entre as várias mudanças colocou um par novo de airbags frontais, uma pintura nova à base de louro platinado e um tom dourado-solário na pele. O resultado obtido foi digno de reportagem fotográfica na FHM com forte probabilidade de aumento exponencial de vendas da actual edição. Até a Produções Fictícias já fez o seu trabalho de casa relativamente ao assunto! Eu pessoalmente devo dizer que quanto ao aspecto visual, "ah e tal, sim senhor". O que é esquisito é pensar naquele papel da coitadinha que sempre foi apanágio desta figura pública, e que agora claramente se perde para sempre. Com que lata é que uma jeitosa destas, pode pedir o que quer que seja às "fadinhas"? Com que legitimidade pode tentar sequer representar desgostos de amor quando ela própria deve levar resmas de gajos ao suicídio? Enfim, conforta-me pensar que atrás daquela produção toda, existe uma personalidade que pelo que consta não interessa a ninguém. Por isso ao primeiro "estou um pouco confusa" que escutasse, com aquele sotaque característico, o mais certo era desatar a fugir. Mas que esteticamente a coisa resultou... resultou, caraças!

3 comentários:

Mary Xu disse...

Como já ouvi dizer: não há mulheres feias, há mulheres pobres. Qualquer uma com muito dinheiro e algum "tuning" fica digna de umas fotos para revistas masculinas.

P.S. Onde me inscrevo para entrar no "Clube das coxas"?

Eli disse...

No entanto, às vezes é preciso ser realista e reparar que a beleza exterior é muito atraente, mas não vale por si só!!!

Quando um rapaz "jeitoso", capaz de chamar à atenção enquanto está calado, abre a boca e não revela uma réstia de inteligência, não há plástica que o salve, pelo menos para mim.

Sim, e não há plástica que salve esta estética, que "não fiz"!!!

Vai se salvando o resto, aquilo que aqui se vê... só é permitido conhecer alguém começando pelo interior, nestas andanças!!!

Especular?! Pois, há também aqueles que são atraetes "por dentro e por fora" , é claro!!!

Eh Eh

Ou seja, não acrescentei nada de novo!!!

:)

Skiweb disse...

É tudo uma questão de imagem.
É certo que a "beleza" interior conta mas, a exterior é sempre um "regalo" para os olhos!!!
E quem sabe se a "minina" já estava farta de fazer de coitadinha?
rsss