sábado, janeiro 19, 2008

Pequenas Coisas

Num daqueles momentos em que nos sentamos para apreciar o que está à nossa volta, nem que seja apenas o conforto de um sofá ou simplesmente o escutar de uma música que se gosta, conseguimos muitas vezes pensar e ver as coisas com mais clareza. Num desses momentos dei por mim a pensar no quanto as coisas pequenas da nossa vida ditam o resultado daquilo que os americanos gostam de chamar "big picture". Olhando para a minha "big picture", vejo como essas pequenas coisas deram origem a grandes acontecimentos. Vejo como uma opção profissional há cinco anos atrás me fez percorrer um caminho fundamental para a minha formação como pessoa. Vejo como próximo dessa mesma altura, pequenas coisas que não estavam bem levaram a um grande desgosto que me fez mudar (julgo que para melhor) emocionalmente. Vejo como logo a seguir aquilo que parecia uma brincadeira me fez cair de pára-quedas na vida de alguém para mim muito importante. Vejo como pequenas coisas que nos incomodam na rotina diária são motivadoras para nos fazer enveredar por caminhos diferentes, sem saber se a mudança é para melhor ou não. No fundo, a incerteza faz-nos bem... faz-nos não dar nada por garantido... faz-nos tentar ser melhores. Acho que no meio disto tudo, são estas reviravoltas que alimentam a necessidade de mudança inerente à condição humana. Resta-me sentir feliz pelo que fiz, pelo que faço, e pelo que desejo fazer. Nunca me arrependi de nada que tenha feito e espero que assim continue. Agradeço tudo o que tenho e possa vir a ter, e espero ser sempre parte dos pequenos pormenores dos grandes acontecimentos da vida de outros, porque andarmos por cá só para olhar para o nosso umbigo não vale mesmo nada a pena...

3 comentários:

Skiweb disse...

He amigo, isso foi mesmo muito profundo!

Luis Sardinha disse...

Existe um ditado popular que diz: "Deus escreve certo por linhas tortas"
As nossas vidas são um pouco isso, em certos momentos passamos que consideramos desagradáveis mas o importante é conseguir aprender com esses momentos.
Normalmente os momentos bons são para saborear e os maus para aprender.

Gonçalo disse...

...eu sei que a incerteza é desgastante, principalmente quando se está nela muito tempo, mas se tudo na vida fosse uma "certeza", que piada tinha esta vida?...