quinta-feira, dezembro 29, 2005

Boas Entradas!?

Com estas festividades todas a decorrer e a passagem de ano a aproximar-se, tenho-me deparado com uma questão que muitas vezes nem me deixa dormir. Porque é que quando se chega ao final do ano, as pessoas desejam umas às outras "boas entradas"? Eu não duvido que exista uma explicação lógica para tal tradição, mas acredito que essa se perdeu no tempo e hoje todos dizem isto sem saber bem porquê. Meditemos um pouco, então: o que são "boas entradas"? A explicação mais lógica estará eventualmente relacionada com a "entrada" num novo ano, mas só se entra uma vez, porquê então o plural? E porque não (já ignorando o problema relativo à pluralidade da frase) desejar antes "boas saídas" (referentes ao ano anterior, é claro)? Então e que tal manter a coisa simples e desejar antes uma "boa passagem de ano", ou eventualmente um "bom início de ano"? Penso que esta história de "entradas" é mais uma à boa maneira do português que tem a mania de elaborar e complicar as coisas. Então é correcto e habitual desejar um bom Natal, um bom Carnaval ou uma boa Páscoa, mas já dizer "Passagem de Ano" é tabu! Se o Papa Gregório XIII soubesse que passados quase 500 anos da promulgação do calendário ao qual deu nome, existe esta paranóia em torno do último/primeiro dia do ano, até se passava! Toca mas é a manter as coisas simples, por isso aqui fica o meu profundo desejo, a todos os que lerem esta mensagem, de uma excelente passagem de ano!

4 comentários:

Luis Sardinha disse...

Relativamente a este post apenas tenho a dizer uma coisa:

Espero que o próximo ano seja melhor que este que está a terminar.

E já agora, diverte-te a sair e a entrar... :D

Um grande abraço

Kabe Ludo disse...

©
Boas entradas, boas saidas, boas
entradas, boas saidas...entra...sai....entra...sai....entra...
sai....entra...sai....entra...sai...

Oh diacho...precisarei de ler algum livro de Freud (ou froid)?

Isso agora não interessa nada...venho só desejar uma boa passagem de ano, cuidado com os exageros e que o (oh meu Deus...cliché a caminho) melhor de 2005 seja o pior de 2006.


PS Excepto pra vaconça da minha vizinha de cima que aspira a casa 7d/semana e sacode os tapetes para dentro da minha sala, a essa que lhe dê uma trombose e que lhe mate apenas 1 neurónio (pró outro ficar sozinho)!

Ahhhh....que refrescante libertação esta de comentar sobre blogs...e com tão pouca violencia nas palavras vê-se que o Natal foi há uma semana atrás...bem haja.

Mas afinal a Vod@fone sempre achou o Pai Natal? :P

Eilahtan disse...

Acerca de entradas e saídas, aconselho a comprar o Kamasutra (não sei se já ouviram falar) que dá umas boas dicas de como efectuar essa manobra.
É um óptimo dicionário para desambiguar esta situação!
Citando o kabe ludo: Um grande bem haja!!
E eu vou pelo simples e muito adequado:

Feliz Ano Novo ;)

grilinha disse...

Ora nem mais!.. penso exactamento como tu!
Uma feliz passagem de ano :)
Beijinhos