segunda-feira, janeiro 23, 2012

Um Sossego de Crianças

Fiquei há uns dias a saber da existência (inclusivé já em Portugal) de uma nova... como hei-de dizer... nóia, chamada carinhosamente de Bebés Reborn. E o que são os Bebés Reborn? São réplicas de bebés reais, em tamanho real, fabricados em vinil, que mulheres adultas adquirem e cuidam como se de crianças a sério se tratassem. E quando digo isto, falo de aquecer biberões, comprar cadeirinhas para transportar os ditos no carro, etc. Já aconteceram inclusivamente situações em que as "mamãs" foram abordadas pela polícia porque estavam a deixar a criança fechada no carro! O que é espectacular no meio disto tudo é que quem teve a ideia de génio para este negócio (cada boneco custa cerca de 500 euros) limitou-se a transportar o conceito dos Nenucos para mulheres com idade para terem juízo! E o mais triste é que o conceito é visto como algo muito benéfico, psicologicamente vantajoso e em essência sofisticado e intelectual. Eu vejo isto como... uma nóia... e das grandes! Ainda assim e a título de curiosidade estou tentado a transpor este conceito para o universo masculino. Por isso a partir de amanhã vou comprar um carrinho de brincar e tratá-lo como sendo real. Vou levá-lo ao centro de inspecções todos os anos... à lavagem automática... às bombas de gasolina... vou comprar jogos de pneus... Já estive até a ver preços de seguros e penso que vou conseguir um bom negócio, sobretudo tendo em conta o valor comercial! Só não sei exactamente quanto vou pagar de imposto de circulação, mas independentemente dos cêntimos, vai certamente valer a pena. Já me estou a imaginar numa conversa de gajos, em que todos gabam as suas máquinas... "então pá... que motor têm essa máquina? alguns 10 milímetros cúbicos, não?" Enfim... eu diria a estas senhoras que andam entretidas a brincar com Nenucos que podiam experimentar deixar-se de parvoíces e seguir a evolução natural da espécie... primeiro brincar aos papás e mamãs, e só depois brincar com os Nenucos!

2 comentários:

Luis Sardinha disse...

Eu acho essa ideia muito interessante. Imagina que queres ir a um centro comercial, podes usar o estacionamento das grávidas, usar as caixas para mães com crianças. Imagina o jeito que isso da na segurança social!

Eli disse...

Xôoo

Já tinha "visto" isso em algum lado... mas é de fugir! Credo!

(Mas há outros brinquedos do género... lol)