terça-feira, janeiro 31, 2012

Lost in Translation

Se há coisa que nunca fiz na vida foi julgar alguém pelo seu nível de literacia. Posso até dizer que algumas das pessoas mais inteligentes que conheço praticamente não sabem ler nem escrever. Ainda assim se há coisa que me faz confusão, é a malta que sistematicamente escreve com erros ortográficos. No meio profissional em que me situo, uma das principais ferramentas de trabalho é o bom do email. E estranhamente, o email de alguma forma potencia o analfabeto que há em nós, sendo extremamente mais fácil escrevermos com erros quando queremos enviar uma mensagem. Talvez pelo desejo de celeridade em escrever a missiva, ou por sentirmos que é um meio mais "familiar" ou "pessoal" de comunicar do que na realidade é. O que sei é que um dia não passa sem que receba umas "bardas" valentes na minha caixa de correio. Tudo isto ganha uma maior dimensão quando as ditas missivas são escritas em inglês. É aqui que se distingue o trigo do joio... é aqui que as pessoas honestas, sérias e inteligentes, assumem as dificuldades se as têm, e todas as outras tentam brilhar sem saber como. E é desta forma que rapaziada muitas vezes hierarquicamente acima da nossa posição nos brinda com as melhores pérolas que possamos imaginar, tais como:

Pérola 1: this is not "science rock" (alusivamente ao que deveria denominar-se por "rocket science", com o sentido de minimizar a importância do que se comenta)

Pérola 2: as I tall you before (em que se troca o significado de "como disse anteriormente" por algo semelhante a "como eu alto anteriormente")

Pérola 3: company confidencial (em que é clara a diversidade cultural, juntando em parte da assinatura automática de email uma referência clara à cultura britânica com "company", e outra à cultura portuguesa "confidencial" em vez de "confidential")

Pérola 4: we have already some actions on rolling (aqui o conceito de "ongoing" é reforçado por "on rolling", em que para além de indicar que algo se encontra a decorrer, mostra que vai sobre rodas)

Pérola 5: the codig is not good (em que se pretende referir a falta de qualidade do código, que obviamente em inglês se diz "codig")

Pérola 6: this will work in landscape and portland (sendo que neste caso há algo que vai funcionar bem em formato landscape/paisagem, mas também funcionará igualmente bem na bonita cidade de Portland)

Pérola 7: I am very preocupated (eu no lugar deste orador também ficaria muito "preocupated")

Vou continuar a fazer recolhas para o meu "best off" pessoal (ou será "best on"?)...

5 comentários:

carekaPT disse...

Desculpa...mas acho que escolheste mal a imagem deste post...a mais adequada seria esta: http://goo.gl/TzZwz

De qualquer maneira, vou esperar pelo próximo capitulo das calinadas em inglês...

End rimember...always put da creme....:P

Luis Sardinha disse...

Veri wel posta!

susy disse...

Já tinha ouvido falar do portinhol mas nunca do portilês ou lá o que isso é.

po disse...

Alguém com essa destreza linguistica merecia uma carreira no "estrangueiro"...
E nós também merecíamos que ele fosse para o "estrangueiro" :)

Eu Mesma! disse...

Amei :)