segunda-feira, julho 14, 2008

Velho Não... Gasto!

Esta coisa de fazer anos vai realmente ganhando um peso e uma importância diferentes ao longo do tempo. Não é que olhe para mim e me sinta ou veja mais velho, mas certamente um pouco mais "gasto", sinto que vou ficando. Isto não é nada que com jeitinho não se vá aguentando (ao contrário de alguns dos efeitos incontornáveis da idade), mas certamente é algo com que todos nos devemos preocupar. Efectivamente, na vida, o mais importante é arranjarmos forma de não nos "gastarmos" ou desgastarmos com as situações em que nos vemos envolvidos. Tenho tentado fazer isso, umas vezes com sucesso, outras nem por isso. Julgo que a melhor mais valia que tenho e que alguém pode ter, para insistir e conseguir triunfar nesta missão, é estar rodeado de bons amigos que possam dar ainda melhores conselhos ou a sua simples ajuda, para combater este "efeito". Eu posso dizer que conto com alguns, muitos deles que já tiveram a atenção e preocupação de falar comigo hoje, outros que certamente o farão até ao final do dia, e ainda outros que se vão esquecer, mas que não deixam de ser menos importantes por causa disso. Aproveito assim o meu aniversário para dar os parabéns a todos os meus amigos por serem isso mesmo, bons amigos. Um abraço e um beijinho, aos gajos e gajas respectivamente (amigos amigos, mas sem confusões dessas, OK...).

2 comentários:

Luis Sardinha disse...

Agora aqui vai por escrito, por telefone vai daqui a pouco... MUITOS PARABÉNS

Mais do que a idade o passar dos anos dá-nos experiência. Podemos não ter o vigor dos 18 anos mas se te lembrares agora consegues fazer quase tudo e certamente muito melhor (Se calhar não fazes 1000m a correr no mesmo tempo mas o carro serve para alguma coisa...)

Um grande abraço e que continuemos a acompanhar os aniversários um do outro por muitos e bons anos...

Eli disse...

parabéns... atrasados

:)