quarta-feira, janeiro 17, 2007

Welcome To The Jungle

Passadas mais de 24 horas após a falha nacional (ao nível de 3 distritos) do número nacional de emergência médica 112, continua sem se saber o porquê da avaria. Aliás, julgo que a frase correcta a utilizar é: "diz que é uma espécie de avaria", porque segundo a PSP, em tom de quem sacode a água do capote, "não existiu qualquer falha", o que remete o problema para as operadoras de comunicações. Apraz-me saber que é considerado aceitável, em Portugal, que O número de emergência possa falhar durante um período de tempo alargado, e que logo a seguir não seja imperativo descobrir o motivo da falha (possivelmente seria útil para evitar problemas semelhantes no futuro, digo eu). Assim, é com prazer que, a quem quer que visite o nosso país, eu digo: "bem vindo à selva". Imagino um dia em que ocorra uma verdadeira emergência, e imagino o caos que se vai gerar. Quando não existe alternativa nem redundância para sistemas críticos deste género, pode-se considerar que estamos a um passo do abismo. Uma vez um professor meu disse-me que "a probabilidade do risco é dissociada da percepção que temos dela", referindo-se como exemplo à bomba relógio sismológica que é a cidade de Lisboa. Eu diria que em Portugal, a probabilidade de risco é inversamente proporcional à percepção que temos dela, precisamente por este espírito de indiferença que temos a capacidade de ter perante situações que deveriam ser consideradas críticas, e suficientes para fazer "rolar a cabeça" (em sentido figurado obviamente, uma vez que isto não é o Iraque) de meia dúzia de administradores das operadoras de comunicações ou outros responsáveis semelhantes. Afinal de contas, está em jogo a vida das pessoas, não?

6 comentários:

Kabe Ludo disse...

Não sei nada disso...

Vida Envolvida disse...

Olha não sabia que o 112 tinha avariado !?Mas se me dizes eu acredito.
Agora, se o n.ºde emergência fica doente, inapto, kaput... tem que fazer exames, analises para ver de onde vem o problema !? - Certo!?

Ou é a liga que tem que investigar ?! Porque para isso há tempo e disponibilidade e dinheiro... quanto a salvar vidas, a história deve ser outra!

Bjs

Susana P.

Mary Xu disse...

Pelos vistos foi mesmo responsabilidade da ONI, mas tem de haver alternativas para este tipo de avarias. O serviço de emergência não devia nunca ficar indisponivel. Mas é Portugal...

jomaolme disse...

Estou a saber dessa agora...Há que apurar responsabilidades, de facto...

Bom fim de semana!!

Beijokas

LFM disse...

Mas de que planeta és tu?
Claro que o 112 pode parar, tudo pode parar neste país.
Este é o país em que se a morte por cá passa, entra em greve ou sofre uma falha temporária...

Vida Envolvida disse...

Obrigado pelo carinho ...

Boa Semana para ti!

Bjs

Susana P.