quinta-feira, agosto 03, 2006

Notícias Gastas

Quanto ao caríssimo leitor deste pasquim virtual, não sei, mas eu particularmente não vejo telejornais há mais de uma semana. Motivo, o mesmo de sempre... saturação. Atingi o meu limite "cerebral" no que diz respeito a capacidade de absorção de notícias de guerra e imagens de malta estropiada com as tripas de fora e a escorrer sangue. Basicamente não consigo entender porque é que algo como "20 Mísseis Líbaneses Matam 40 Israelitas", continua a ser uma notícia válida nos telejornais nacionais. Poderiam muito bem limitar-se a dar os resultados actuais em número de mortes, tipo: Israel 2534 - Líbano 1856, tal como num jogo de futebol. Até podia aparecer apenas no canto do ecrã, durante o telejornal, para não aborrecer muito! Mas não, todos os dias lá temos de gramar com hora e meia de "tripalhada" e só depois dão as notícias realmente importantes e interessantes, como o progresso das filmagens da Floribela ou dos Morangos com Açúcar. Além disso, toda a gente sabe que país do médio oriente, que quer ser país a sério, tem sempre de estar em guerra com alguém! É uma verdade comprovada historicamente, a começar e a acabar nas chamadas "guerras santas". Já agora, para quem não sabe, Hezbollah quer dizer "Partido de Deus" (ainda que a sua bandeira tenha uma AK-47 desenhada, que todos sabemos ser a arma que Deus escolheria para si próprio), por isso é natural que só pensem em dar porrada na malta de Israel, mesmo que isso implique também levar na corneta, porque "quem vai à guerra dá e leva". Só espero que os dois países se consigam aniquilar mutuamente depressa para ver se as televisões nacionais passam a dar filmes, séries e desenhos animados, que assim já não há pachorra...

1 comentário:

Anónimo disse...

best regards, nice info video editing schools