quarta-feira, junho 28, 2006

Metro

Queria aqui deixar um desmentido relativamente a algumas notícias, certamente elaboradas/publicadas por más línguas, que não recorrem a fontes fidedignas para recolher o seu material jornalístico. Ontem ouvi, assim que liguei o rádio, a notícia de que o metro de Lisboa estaria de greve durante a manhã. Pois bem, é tudo mentira! A primeira coisa que me aconteceu quando parei nos semáforos de Entrecampos, foi um tipo dirigir-se ao meu carro (ou viatura, como dizem os mais letrados) e pimba! Enfiou-me um Metro pela janela entreaberta! Estes tipos que andam a distribuir jornais são uma bela evolução. Rende muito mais do que ucranianos a vender pensos ou isqueiros. Sinceramente, qual é o objectivo de um tipo vender pensos e isqueiros a condutores que param num semáforo? Certamente não esperam que eu me tenha cortado a conduzir! Então e o isqueiro? Hellooooouuuuu... quase todos os carros têm um isqueiro incluído! Os jornais sim, valem a pena. Há lá coisa melhor do que ler o jornal enquanto conduzimos? Qual autorádio qual quê... as notícias lidas sabem melhor que as ouvidas. Então e aqueles tipos que se propõe "lavar" o vidro do carro com aquela água putrefacta com que já "lavaram" 235 carros antes do nosso? Sinceramente, o ponto fulcral é o seguinte: já alguém recebeu alguma coisa que realmente lhe interessasse, proveniente destes beneméritos dos semáforos? Eu pelo menos não, por isso, desamparem-me a estrada!

2 comentários:

LFM disse...

Porra pá, nem me tinha lembrado disso.
Eu como costumo andar de metro fiquei a arder duas vezes! isto é, sem transporte e sem jornal!

Gonçalo Carriço disse...

...e o melhor nos semáforos é estar de janela fechada e com as portas trancadas, não vá um desses distribuidores de utensílios bastante úteis,entrar no carro e tentar distribuir um balázio de calibre 32 pelos miolos em troca de 2€....