terça-feira, maio 04, 2010

e-Paranóia

Existe hoje em dia uma fixação tão grande com o serviço de correio electrónico, que duvido até que grande parte das empresas sobrevivesse sem esta ferramenta de trabalho. Em última instância não sobreviveria à insanidade dos seus funcionários, caso se vissem despojados do seu maior entretém. Praticamente tudo é motivo para enviar um e-mail, tanto a nível de lazer como a nível profissional. Sendo que a chungaria, anedotas e pedidos para doadores de sangue e medula, perfazem o grande bolo da informação trocada por esta via, outros que a utilizam para comunicar a nível profissional... muitas vezes mal. Vejo diariamente pessoas que estão a meia dúzia de metros umas das outras, trocarem informação entre si por e-mail. Ao que parece, o e-mail serve também como uma espécie de prova forense de que se fez ou mandou fazer algo. Em última instância é a forma de apurar responsabilidades ("ah e tal... mas eu enviei-te um e-mail..."). Eu próprio vivo diariamente com esta (triste) realidade. Veja-se precisamente o meu caso: estive recentemente em casa, de licença, por um período de 4 semanas. Apesar dos telefonemas frequentes, evitei recorrer ao acesso remoto para resolver aquilo que fosse. O resultado prático disto foi o que se na imagem: em apenas 20 dias úteis, recebi um total de 848 e-mails (sim, viram bem, OITOCENTOS E QUARENTA E OITO), e posso-vos dizer que nenhum deles tinha anedotas ou chungaria. Isto quer dizer que durante esses 20 dias úteis, mesmo com o célebre "out of office" activo, recebi uma média de 42 e-mails por dia! que encarar estas coisas com a importância que merecem, como tal, na maioria dos casos optei por apagar as mensagens, de acordo com este meu princípio fundamental: se for muito importante, ligam ou voltam a enviar e-mail...

6 comentários:

Eu Mesma! disse...

Pois que sim..
que o email virou a ferramenta oficial das empresas... em prol da poupança de papel e diabo a quatro ... :)

eu sempre que vou de ferias duas semanas... tenho um ataque quando abro o famoso M outlook... em media 1000 mails em 10 dias uteis...

nao acho nada normal!

Marco disse...

tu mesma: 1000 em 10 dias? Pronto, ganhaste... mas aposto que muitos são a pedir medula óssea!

Eu Mesma! disse...

I wish Marco...
O problema aqui Marco é que trabalho numa empresa que sofre de dois grandes males..

Reunite aguda... e eMailite cronica e hiper alastrada :)

Kabe Ludo disse...

Nem fales dos alertas de monitorização de uma infraestrutura com 2500 activos de rede vezes 3 estados possiveis (up, down e recovering)...supostamente tinha de dar atenção a cada email que recebia (yeah right!)

Haja juízo!

LFM disse...

não dá para acrescentar um ponto ao que dizes

Marco disse...

tu mesma: também padeço da reunite...

kabeludo: faz como eu: apaga!

lfm: mas se acrescentares, manda por e-mail! ;)