terça-feira, novembro 17, 2009

O Rádio do Mandarim

Durante estes dias em que 99% do meu tempo é ocupado a mudar fraldas e a minimizar o estrago que as cólicas fazem a uma indefesa criatura com menos de 4 quilos, ocupei os restantes 1% com uma actividade que tinha pendente: montar um autorádio com DVD que comprei há uns 2 meses. Esta aventura dividiu-se em vários capítulos, desde o primeiro que é comprar algo do género pela Internet. Passados uns dias, levantei o aparelho numa loja de vão de escada ali para os lados de Sacavém, para chegar a casa e verificar que não dá para ligar com as ligações disponíveis (lá me lixaram o brinquedo novo). Começou assim o episódio seguinte de descobrir que adaptadores é necessário adquirir, para que tudo funcione. Uma vez descoberta uma loja que tratava do assunto, e feitas duas encomendas (uma falhada e outra que foi um grande sucesso), lá avancei para o passo seguinte: descobrir como obter imagem num rádio com leitor DVD. Pelos vistos alguém acha útil só poder ter imagem num rádio leitor de DVD com o travão de mão puxado... No manual, para ultrapassar esta "característica", dizia para ligar o fio rosa ao preto (o que não funcionou). Como tal resolvi inventar, e antes que o aparelho queimasse, descobri que funcionava ligando o fio laranja ao vermelho. Conclusão: quem escreveu o manual era daltónico. Posto isto, lá começou a maravilha tecnológica de origem chinesa a funcionar, e inclusivamente, quando está a reproduzir áudio simples, mostra um wallpaper com uma frase que diz tudo: "the joy is that creat a pute hapiness". Quando descobrir o que quer dizer "creat" e "pute", tenho a certeza que tudo fará sentido. De qualquer forma, devo dizer que o inglês dos chineses é muito melhor que o meu mandarim, e os rádios então, são espectaculares!

3 comentários:

Luis Sardinha disse...

Uma pessoa normal pedia a um profissional para montar isso no carro mas como tu és engenheiro tem a "mania" que consegues fazer tudo...

E consegues! Quando precisar de um electricista já sei quem tenho de chatear :)

Marco disse...

luis: se não montasse aquilo sozinho, não tinha a alegria de "creat a pute hapiness", seja lá isso o que for...

Kabe Ludo disse...

Ai cum camandro....há que tempos não me ria assim!

Melhor mesmo só o um leitor de divx que comprei com o menu padrão em....mandarim! E os icones também não ajudavam! Até achar a opção do menu para trocar para inglês, foi um fartote de gozo para os meus colegas enquanto me viam a correr entre a TV e o PC, pesquisando em foruns como resolver o meu problema!

Haja juizo!