quarta-feira, outubro 04, 2006

Sim Sim, Pois Pois, Mas...

No final da minha passagem diária pelos jornais de hoje, vejo que uma vez mais as notícias confirmam aquilo que já sei. Posso classificar o nosso Portugal como o país do "sim sim, pois pois, mas...". Se assim não fosse, que outra explicação existiria para termos a nossa vara de ministros (repare-se que poderia ter dito matilha, rebanho ou até mesmo cardume, mas deliberadamente não o fiz) a reconhecer constantemente que as medidas que tomam até aos porcos cheiram mal? Os seguintes diálogos são reconstituições baseadas em factos verídicos:

Episódio I
- Sr. Ministro da Saúde, não considera que mais do que uma hora de caminho para chegar às urgências hospitalares é demasiado?
- Sim sim, pois pois, mas... "pelo menos 90% dos utentes vai chegar em 45 minutos"!

- Ah... assim sendo... que se f$%a os restantes 10%...


Episódio II
- Sra. Ministra da Educação, não considera que a alteração do estatuto da carreira docente causa graves problemas aos professores?
- Sim sim, pois pois, mas... "apenas percebi que não estavam contentes, não sei porquê"...

- Se calhar não é só isso que não percebe, Sra. Ministra...


Enfim... o manancial de inspiração para relatos de situações é tanto que nunca mais acabava este post. Como tal opto por ficar por aqui, desafiando o caro leitor a participar, comentando com diálogos semelhantes que incluam a expressão "sim sim, pois pois, mas...". Quanto ao nível de QI do público alvo desta crítica, há que lembrar que o mesmo deverá estar limitado a QI com apenas um dígito, tal como nos casos apresentados anteriormente.

1 comentário:

LFM disse...

- Sim sim, pois pois, mas... podes-me dizer qual deles é que se aproveita?